Imprimir

20 ruas da Regional Cajuru ganham lombadas

em 08 Agosto 2019. Postado em Notícias

00269651Atendendo demandas da Central 156 e pedidos feitos diretamente por moradores, 20 ruas dos bairros da Regional Cajuru estão recebendo, neste mês de agosto, a instalação de lombadas físicas como medida para reduzir a velocidade dos veículos nas vias.

Uma das elevações transversais foi colocada na Rua Alvorada, em frente à Escola Municipal Professora Donatilla Caron dos Anjos, no Uberaba. Era um pedido antigo da diretora da escola, Diva Lippi, que foi concretizado pela Prefeitura nos primeiros dias deste mês.

“Foi uma alegria grande quando vi a instalação sendo feita. É para a segurança dos estudantes na entrada e saída das aulas”, conta.

A diretora conta que logo nos primeiros dias após a instalação da lomdaba na Rua Alvorada foi possível perceber a mudança de comportamento dos motoristas, com a redução de velocidade em frente à escola. “Sentíamos a necessidade disso, fizemos vários pedidos e agora fomos atendidos”, fala.

Ao todo, dez vias no Uberaba; cinco no Cajuru; quatro no Guabirotuba e uma no Capão da Imbuia vão receber as lombadas físicas.

Pedidos pelo 156

Entre os locais que vão receber os dispositivos, estão os campeões de pedidos pela Central 156 por este tipo de intervenção da Regional Cajuru: a Rua Canal Belém, no Uberaba, e a Rua Agamenon Magalhães, no Capão da Imbuia, ambas com 17 solicitações entre o início de 2018 e o final de julho deste ano.

Nesse mesmo período, a população fez 517 pedidos relacionados à instalação de lombadas em vias dos seis bairros da Regional, sendo 398 pedidos de lombadas, 98 pedidos de travessias elevadas e 22 solicitações de lombadas eletrônicas.

Estudo de viabilidade

A lombada física é instalada onde se comprove a necessidade reduzir a velocidade do veículo ao limite estabelecido para o local. O seu uso é regulamentado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Para a aprovação da solicitação é sempre é necessário um estudo técnico de engenharia de tráfego que demonstra índice significativo ou risco potencial de acidentes cujo fator determinante é o excesso de velocidade praticado no local e onde outras alternativas de engenharia de tráfego são ineficazes.

As solicitações para estudo de viabilidade podem ser realizadas através do sistema 156, pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou ofícios e são direcionadas à Secretaria Municipal de Trânsito (Setran).

00269647

Valdecir Galor/SMCS

00269648

Valdecir Galor/SMCS

00269649

Valdecir Galor/SMCS

00269650

Valdecir Galor/SMCS

  • Compartilhe: