Imprimir

Novos guardas municipais reforçam a segurança no Parque Barigui

em 12 Julho 2019. Postado em Notícias

00266764A empresária Carla Fernandes agora tem mais segurança para deixar o filho Pedro Martins fazer os treinos de ciclismo no Parque Barigui. Desde a última quarta-feira (10/7), ela viu aumentar a presença de guardas municipais no local. As rondas constantes a deixam tranquila para liberar o garoto para praticar os exercícios, inclusive no fim da tarde e à noite.

O parque é um dos espaços da cidade que está recebendo parte dos 133 novos guardas municipais, contratados por meio de concurso público e que nesta semana iniciaram as atividades do estágio supervisionado. Esta é a última fase do curso de 636 horas-aula de formação.

“Percebemos a ação mais efetiva e constante da Guarda Municipal no parque. Isso nos deixa seguros para pedalar aqui”, disse a empresária Carla Fernandes.

As bicicletas de alta performance, explica Carla, acabam sendo um chamariz para marginais. Com o parque bem monitorado como está agora ficamos mais tranquilos para treinar”, diz a empresaria.

Doze do novos integrantes da GM ficarão responsáveis por ampliar a segurança no Barigui, um dos mais visitados parques da cidade. “Durante o estágio, os iniciantes fazem rondas e patrulhamento preventivo, em duplas e orientados pelos profissionais experientes da corporação”, explica o inspetor da Guarda Municipal, Antônio Silveira, que supervisiona o treinamento no parque.

Referências

São 132 horas de estágio que servem como primeiro contato prático com a população e que finalizam as 636 horas-aula da formação. “É quando eles percebem que se tornam uma referência para a população”, diz Silveira.

A orientadora educacional Sônia Kenzi e a filha Julia também perceberam e aprovaram a ampliação da segurança no parque.

“Só a presença deles por aqui já inibe a ação de quem está mal intencionado”, disse a orientadora educacional Sônia Kenzi.

Segundo Sônia, foi bom que o grupo iniciou as atividades no período de férias escolares. “É mais uma motivação para o passeio com a família junto à natureza”, completou.

Além de exercitarem a prática das rondas em toda a extensão do parque, a fiscalização e abordagens, os guardas treinam a comunicação com os cidadãos em abordagens de pedidos de informações e solicitações. “Minha expectativa é desempenhar bem a minha função, ter uma boa integração com a equipe e garantir que o cidadão se sinta e fique protegido”, disse Adriano Gerei, um dos iniciantes.

Allan Crevilaro, que é acostumado a frequentar o Barigui, já aprendeu a ver o lugar a partir de uma nova perspectiva. “Agora quando estou aqui o meu objetivo é garantir a proteção da flora, da fauna, dos espaços e das pessoas que estão no parque”, contou o guarda recém incorporado.

Aumento do efetivo

Antes da fase prática, os alunos tiveram instruções específicas sobre a função, contato com o armamento e técnicas de tiro, legislação e identificação de drogas, condicionamento físico e defesa pessoal.

A parte técnica incluiu métodos de abordagem, patrulhamento, postura e disciplina, assim como o correto isolamento de local de crime. Toda a organização do curso é feita pelo Centro de Formação e Desenvolvimento Profissional da GM.

Os 133 guardas se somam a outros 60 formados em 2018. Mais 200 aprovados em concurso público devem ser chamados para fazer o curso de formação no segundo semestre.

00266765

Luiz Costa/SMCS

00266767

Luiz Costa/SMCS

00266768

Luiz Costa/SMCS

00266769

Luiz Costa/SMCS

 00266770

Luiz Costa/SMCS

00266771

Luiz Costa/SMCS

00266772

Luiz Costa/SMCS

00266773

Luiz Costa/SMCS

  • Compartilhe: