Imprimir

Guardas municipais participam de palestra sobre prevenção ao suicídio

em 12 Julho 2019. Postado em Notícias

WhatsApp Image 2019-07-12 at 15.53.03Uma palestra sobre prevenção ao suicídio foi um dos temas incluídos na programação desta semana do Estágio de Qualificação Profissional (EQP) dos guardas municipais. O conteúdo, proposto pela Ouvidoria da Guarda Municipal, foi ministrado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), que presta apoio emocional a pessoas com depressão ou que pensam de forma frequente sobre suicídio.

O professor e voluntário do CVV Antônio Vilela conversou com os guardas sobre como identificar e auxiliar de forma mais adequada uma pessoa próxima que possa estar em um quadro de depressão que pode levar a uma tentativa de suicídio.

“Antes da profissão, os guardas são seres humanos, possuem emoções, familiares e amigos que podem estar passando por situações de sofrimento emocional. Então é muito importante passar a informação para que casos de suicídio possam ser evitados”, diz Vilela. Ele cita que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 90% dos suicídios podem ser evitados.

Os alunos saem da palestra aptos a prestar apoio e informações sobre o telefone 188, canal de comunicação que funciona 24 horas por dia e pelo qual as vítimas podem pedir ajuda, sem precisar se identificar.

O projeto de oferecer a palestra é pioneiro no EQP e a ideia é que ela volte a acontecer nas próximas turmas. “O objetivo é de desenvolver nos profissionais um ouvir empático, ou seja, dar importância ao sofrimento do outro”, explica o ouvidor da Guarda Municipal, Kayan Acássio da Silva.

Aperfeiçoamento

Os cerca de 1,3 mil guardas municipais que fazem parte do quadro efetivo da corporação passam por cursos de aperfeiçoamento ao longo do ano todo. Divididos em turmas de 50 a 60 participantes, os guardas são atualizados em conteúdos diversos pela duração de uma semana do EQP.

A intenção é alcançar todos os profissionais da ativa para mantê-los informados com novidades, nas mais diferentes áreas, e preparados tecnicamente. Essa continuidade no preparo é fundamental para que os guardas tenham novos olhares, debatam sobre situações com as quais se deparam no dia a dia e aperfeiçoem a parte operacional.

Policiamento comunitário, trabalho na Patrulha Maria da Penha, justiça restaurativa e relacionamento com a imprensa são outros temas abordados, além da parte prática de abordagem, contenção e prática de tiro.

Oferta de conteúdos

Toda a organização é feita dentro da Guarda Municipal, sob coordenação do Centro de Formação e Desenvolvimento Profissional, localizado no bairro CIC e responsável pela oferta dos mais variados conteúdos.

  • Compartilhe: