Imprimir

Vindos de diferentes cidades, novos guardas começam treinamento

em 14 Maio 2018. Postado em Notícias

 

Treinamento GM destaque

 

Começou na manhã desta segunda-feira (14/5), no Centro de Formação e Desenvolvimento Profissional da Guarda Municipal, o 26º curso de formação para agentes da corporação. A nova turma foi aprovada em concurso público que atraiu muitos candidatos de fora de Curitiba e com nível superior de formação - que não é uma exigência para a carreira.

“Como diz o prefeito Rafael Greca, é uma honra e um privilégio compartilhar com todos vocês a missão de servir a cidade, que acolhe pessoas de tantos lugares diferentes”, saudou o secretário municipal da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel. Ele recebeu os guardas antes da primeira das 740 horas-aula do treinamento, que vai até 21 de setembro. A partir de então, a turma estará apta para trabalhar nas ruas e em equipamentos públicos.

A diretora da Escola de Administração Pública do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), Fernanda Schaefer, participou das boas-vindas. O Imap é parceiro da Guarda Municipal na estruturação do curso.

Expectativas na área

De Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, a ex-segurança privada Elizandra Silva de Lima, de 38 anos, não vê a hora de desempenhar as funções da profissão. “É o meu sonho. Para mim, quanto mais ostensiva for a ação, melhor”, diz a nova guarda, que antes prestou concursos para a corporação em Fortaleza (CE) e Chapecó (SC). “Quando meu marido falou que ia ter o concurso, ficamos interessados e nos inscrevemos. Pegamos o carro com as duas filhas, o cachorro e viemos”, conta Elizandra.

Formado em Relações Públicas e Tecnologia em Segurança Pública, Lecson Bellinaso, de 35 anos, também está empolgado. Natural de Santa Maria (RS), viveu em São Mateus do Sul, no Paraná, até 2014. Na ocasião, foi incentivado pelo pai a mudar para Curitiba e se preparar para o concurso. Recém-casado com uma professora de pilates que mora em São Mateus, definiu que Curitiba é a opção profissional mais conveniente. “Vou fazer o que gosto e perto o suficiente da família para rever todo mundo com frequência”, explica.

Novos caminhos

Outro que se concentrou nos estudos e na preparação física para as provas é Maurício Pereira. Com 49 anos, quatro filhos e quatro netos, é um dos mais velhos do grupo. Maranhense de Pindaremirim, formou-se em Ciências Biológicas e Teologia e trancou Matemática do meio do curso.

Depois de dar aulas para crianças e adolescentes e ficar sem emprego em São Luís, tentou a vida no interior de Santa Catarina, em um frigorífico. “Mas fiquei pouco tempo lá. Quando vi que teria o concurso, mudei para a casa da cunhada, em Curitiba, e comecei a me preparar. Não gosto de rotina: gosto de desafios”, afirma.

Já a carioca Patrícia Fuchshuber Caldas, 33 anos, está entrando para a Guarda Municipal dez anos depois de chegar à cidade. Engenheira florestal de formação, tem familiares trabalhando com segurança pública e acredita na vocação para a área. “Creio que a Guarda oferece muitos setores interessantes para atuar. Vamos ver o que vai me caber”, diz.

 

Treinamento Gm 1

Lucilia Guimarães/SMCS

Treinamento Gm 2

Lucilia Guimarães/SMCS

Treinamento GM 3

Lucilia Guimarães/SMCS

Treinamento GM 4

Lucilia Guimarães/SMCS

 

 

 

 

  • Compartilhe: